Atividade física em parques urbanos de Anápolis: Um estudo observacional

Ricardo Oliveira, Susan Oliveira, Jordão Oliveira, Iransé Oliveira-Silva

Submited: 2023-11-21 15:43:26 | Published: 2024-01-01 10:39:45

DOI: https://doi.org/10.5027/jmh-Vol21-Issue1(2024)art212

Objetivo: Analisar as atividades físicas praticadas pelos usuários dos Parques Urbanos de Anápolis. Métodos: A metodologia utilizada foi exploratória, de caráter transversal, quantitativa e observacional, com utilização do instrumento SOPARC. Foram coletadas informações de 19.310 participantes de ambos os sexos em cinco parques da cidade de Anápolis. Resultados: 25% da população Anapolina reside a uma distância de 800m de um Parque Urbano e os seus frequentadores a maior parte estavam envolvidos em atividades físicas de intensidade moderada a vigorosa (AFMV), com maior proporção de usuários do sexo masculino (56%). Conclusões: Os homens estavam em sua maioria envolvidos em AFMV (i.e., andando, correndo, praticando algum esporte); e as mulheres em atividades sedentárias (i.e. parado, sentado, deitado). O estudo demonstrou que os Parques Urbanos são espaços adequados para a prática de atividade física a população. 


Oliveira R, Oliveira S, Oliveira J, Oliveira-Silva I. Atividade física em parques urbanos de Anápolis: Um estudo observacional. Journ. M. Health. 2024;21(1). Disponible en: doi:10.5027/jmh-Vol21-Issue1(2024)art212 [Accessed 16 jun. 2024].
Oliveira, R., Oliveira, S., Oliveira, J., & Oliveira-Silva, I. (2024). Atividade física em parques urbanos de Anápolis: Um estudo observacional. Journal of Movement & Health, 21(1). doi:http://dx.doi.org/10.5027/jmh-Vol21-Issue1(2024)art212

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2024 Journal of Movement & Health

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.